O capitão Michael Nastasio organiza expedições para encontrar fósseis do tipo. Porém, nunca viu um dente de megalodonte tão grande. Um dos maiores peixes do planeta, o animal, que é parente do tubarão, viveu há milhões de anos. Dente de megalodonte registrado na Flórida por Michael Nastasio
Reprodução/Facebook
O capitão Michael Nastasio, que há anos organiza expedições de caça marítima na costa da Flórida (Estados Unidos), comemorou o novo feito: encontrou um dente de tubarão megalodonte com mais de 15 cm de comprimento (saiba o que é um megalodonte no fim da reportagem).
Michael organiza expedições de mergulho para encontrar fósseis e outros tesouros no fundo do mar. Ele relatou à mídia americana que não é a primeira vez que aparece um dente de megalodonte. Mas nunca viu algo desse tamanho.
Michael Nastasio exibe dente de megalodonte que pegou durante mergulho na Flórida, em outubro de 2021. Fóssil cabe na mão do marinheiro
Reprodução/Facebook
Segundo ele, a experiência do encontro com um fóssil é sempre emocionante.
“Eu estou na água com meus clientes em diversas vezes. E dá para ouvir, debaixo d’água, quando eles encontram um dente. Dá para ouvi-los gritar; isso faz você sentir algo muito bom”, disse ele à rede de televisão ABC.
Megalodontes
Figura de megalodonte é exposta no Museu de História Natural de São Francisco
Divulgação/MHNSF
Megalodontes, um tipo de tubarão gigante já extinto, estavam entre os maiores peixes que já existiram. Segundo o Museu de História Natural de Londres, eles podiam chegar a 18 metros de comprimento. É três vezes mais do que o maior tubarão branco já visto. A espécie viveu na Terra entre 23 milhões e 3,6 milhões de anos atrás.

Fonte: G1 Mundo


Compartilhar:

Deixe seus Comentario